Próxima emissão

Posted by Shapeless | | Posted on sexta-feira, julho 29, 2005

Eu e o Amadeu partimos amanhã para Évora, para vos trazer a nova emissão do Radiologia - já que vocês odiaram a outra - e contamos ter isto pronto daqui a dois meses, como sempre. Bem, achei importante dizer-vos isto. Vá mãe , eu sei que tu és a única pessoa que ouve isto portanto FICA ANSIOSA.

Até segunda...ou domingo à tarde.

Comments (9)

Sim, filha, cá fico á espera. E não me chames mãe.

Ehehehehe. Ao menos disseram qualquer coisa...

Bom, após negociações com o Amadeu por email, lá acordámos a verba de €100 por transferência bancária de modo a que eu comente aqui no site. Como ele não aceitou a contra-proposta de €150, eu comento, mas não sou pago para dizer bem! :-P

Ouvi uma amálgama de podcasts há uns dias na Rádio Cotonete quando por motivos sempre misteriosos para mim, fui de novo destacado para a resposta a email pela minha supervisora. Bom, ouvir a Cotonete é sempre opção, mas não me apetecia dar uma segunda volta aos meus favoritos, tinha necessidade de algo novo e diferente! E assim foi!
- "Rádio Podcasts? Quéstamerda? Deixa lá ouvir." - pensei com uma expressão contemplativa... pouco depois, começava a marcha.

O primeiro a cair foi o Armário das Calças, especial de aniversário parte 1349 (ou algo parecido ;-P) com uns sons meio estranhos... mas bem tragáveis. Faziam lembrar de quando eu comecei a beber whisky ou daquele primeiro slogan português do Fernando Pessoa para a Coca-Cola: "Primeiro estranha-se, depois entranha-se."

De seguida vieram duas vozes com um programa chamado Radiologia. Se soubesse eu que o mesmo era gravado no estudio do IST, não teria estranhado tanto (sim, porque TODA a gente sabe que o Técnico fabrica homenzinhos verdes com antenas ;-P), mas sendo um ouvinte inocente, estranhei e de que maneira. Tal como kunami, porque o povo português não tem educação nenhuma, o sabor ao principio é... pronto, mas depois passa a docinho, docinho, docinho... :-)

Bom, é um facto que nas partes mais agudas (Mafalda ;-)), vi-me forçado a afastar os headphones e que nem sempre o "engonhanço" funcionava, mas aos poucos as gargalhadas lá começaram. Graduais, timidas até, ao inicio, mas assumidas lá mais para o núcleo da conversa! A coisa foi-se construindo até que fui contemplado com a história do Mauricio e as suas duas pu.. *mulheres que vendem o corpo por dinheiro*. Ó meus amigos... pois que com sinceridade a barriga doía de rir! Enfim, lá convenci (nos acordos negociais dos quais este comentário faz parte :-P) o Amadeu (que apesar de parecer não conheço de lado nenhum) a enviar-me essa pérola da arte do teatro radiofónico... ou não.

Para terminar, mais uma nota: houveram dois outros podcasts que me agradaram muito. Um foi o Rádio Raposa do locutor Luis Gaspar (profissional e sublime como sempre) e o Mixomatose, outra vez do Amadeu. Sim sr, Amadeu, gostei muito do ambiente nostálgico com que polvilhaste essas emissões (este elogio é de borla ;-P).

Fiquem bem e que o Benfica seja campeão,
Diniz

meus amigos, o vosso podcast não vale a ponta de um caralho. Se não são capazes de estar 10 minutos sem palavreado obsceno, o melhor é passarem o testemunho a outros.

Morte ao radiologia

anonymous amo-te cabrão !!

Falo por mim e não em nome dos autores.

Quem apresenta uma opinião, ainda por cima desafiante como é o caso, e não se identifica nem se apresenta ao desafiado para que o desafio possa ser respondido, não tem Honra, não tem Palavra e assim não tem direito a falar. Cuidado "Anónimo" a atitude na vida de cuspir para o ar no escuro é sempre recompensada com a própria cara salivada.

Desagradado,
Diniz

Tirando o facto dos comentários serem anónimos, a solução é simples: não gosta, não ouve.

há por aí algum hacker que saiba meter um mp3 a tocar automaticamente neste blog? Achava piada a ouvir uns grilos a fazer barulho quando aqui venho...

E não, Duarte, não estava a falar de ti, era mesmo de grilos ;)

Enviar um comentário